domingo, 24 de junho de 2012

Você sabe qual a sua pegada de carbono?



Você sabe qual a sua pegada de carbono? Você sabe o que é pegada de carbono? Bem, a pegada de carbono é a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que você produz no dia-a-dia simplesmente porque você existe. As pegadas nos dão uma ideia do nosso dia-a-dia. Por exemplo, se usamos um carro como transporte diário para ir ao trabalho, teríamos uma pegada de carbono bem superior àqueles que utilizam transporte público, assim como também influenciam o consumo de energia, quantidade de viagens de avião, dentre outros aspectos. 

Hoje em dia, essa medida é importante para as empresas pois passarão a ter cotas de emissões de gases de efeito estufa (GEE), ou seja, terão que adaptar suas tecnologias e controlar suas emissões para conseguir atingir suas metas. Caso não consigam atingir essa meta, poderão aumentar sua cota comprando permissões de outras empresas que tiveram excesso de cota ou mesmo comprando créditos de carbono como uma forma de compensar esse impacto ambiental que não foi evitado. Esses ativos ambientais serão negociados pela Bolsa Verde do Rio de Janeiro (BVRIO) como forma de contribuir com o desenvolvimento sustentável na medida em que as organizações precisam atender às suas cotas de emissões e reduzir o impacto ambiental gerado pela atividade empresarial. 


Para quem não sabe, um crédito de carbono é igual à 1 tonelada de dióxido de carbono (CO2) cuja emissão foi evitada. O CO2 é a medida padrão para pegada de carbono, no entanto, outros gases se manifestam como causadores do efeito estufa, tais como o gás metano (CH4) e óxido nitroso (N2O). Só pra vocês terem uma ideia, o gás metano tem um potencial de aquecimento 21 vezes mais do que o CO2, e portanto, se você deixa de emitir uma tonelada de CH4, você possui 21 créditos de carbono. Sabe onde o gás metano é emitido sem muito controle? Por meio da flatulência de vacas, por exemplo. Como controlar isso? É complicado... hehe. O óxido nitroso é 310 vezes maior e tem outros gases muito mais superiores que o CO2, que é melhor nem comentar.


Bem, para quem tiver interesse em medir sua pegada de carbono, é só acessar esse link e informar dados sobre consumo de energia elétrica, gás, combustível e viagens aéreas. Ao final do cálculo, será informado sobre quantas toneladas de CO2 você emitiu, o que se refere à sua pegada de carbono. O próximo passo é compensar essa pegada por meio da Iniciativa Verde, que é a plantação de árvores correspondentes à sua emissão de GEE para eliminar o impacto ambiental gerado. Isso é uma forma de contribuir com o esforço global de impedir o aquecimento global e gerando benefícios para as gerações futuras. A ideia é boa, falta só conscientizar a população sobre a importância dessa atitude.